sábado, 15 de janeiro de 2011

Manias entrevista: Pastor JEFF

Jorge Edmundo Ferreira Farah, mais conhecido como o querido pastor JEFF, que usa suas iniciais para o personagem da fictícia Igreja Flamenguista do Reino Rubro-Negro, começou a escrever no dia 17 de abril de 2010 e de lá pra cá, seu blog, a Palavra da salvação rubro-negra, tem sido um grande sucesso.

Flamenguista desde: 17 de novembro de 1895. Não sei onde estava ou que forma tinha, mas, não tenho dúvidas que já era flamenguista e, de alguma forma, ajudei na fundação do clube (gargalhadas) Bem, não tenho uma data para saber quando me tornei flamenguista, assim oficialmente, assumo a data de meu nascimento: 21 de agosto de 1968. Mas, com certeza, foi antes disto. (risos)
Na época da Copa, também, fiz um blog  misturando futebol com mitologia. Tratava-se de uma série especial criada para o Montbläat - um jornal virtual – editado pelo excelente Fritz Utzeri, ex-Pasquim e JB. Quem quiser ver o resultado, só acessar  Odisseia Brazuca.

Gente, adorei fazer essa entrevista! Tanto que, quebrarei um pouco o protocolo e, o que estiver em itálico, ao fim das respostas, serão meus próprios comentários... SRN!

E aqui a "FLAmília" (linda, por sinal) do Jorge... Sua esposa, Luciene e seus filhos Eduardo e Felipe, de 6 e 8 anos.
1-  “A Palavra da Salvação Rubro-Negra” mistura informação, opinião e, de alguma forma, fé. Como surgiu a ideia de criar um blog assim?
     Um blog louco assim?? (risos) Como disse, certa vez, a @CrisMarassi, a quem também já tive a honra de ser entrevistado, no seu FLAgrantes da nação , "Todo Flamenguista é Doido! Essa loucura é boa! É amor coletivo! E o mundo é mais bonito por isso!" Pois é, Mel, o meu “louco” blog que mistura tudo o que falou acima, é na verdade um blog de entretenimento, criado para divertir flamenguistas. Quanto à idéia, ela começou no twitter. Primeiro criei uma conta pessoal (@JEFFarah). Apenas para ver o poder da ferramenta. Fiquei logo empolgado. Passei a falar de tudo um pouco e, logo, senti necessidade de falar mais sobre o Flamengo. Só quem é flamenguista entende isto, não é mesmo? Mas, falar sobre o que? Já havia de tudo no twitter. Então, me lembrei de um papo com amigos sobre a Igreja Maradoniana. Foi a inspiração para a criação do perfil @IgrejaFlamengo, em novembro do ano passado. 

Entendo bem o que é isso, JEFF. Até aproveitando para justificar para o pessoal aí, inicialmente, a ideia do Manias e Notícias era ser um blog de variedades, pensamentos, textos pessoais e curiosidades, acabou que o Flamengo, minha maior paixão, tomou conta e acabou como é hoje.

2-  Mas e o Blog? Como foi criado? Era parte do planejamento ao criar o twitter? 
     Não. Na verdade, não houve planejamento. Foi tudo meio parecido com o próprio Flamengo. Foi acontecendo e... Dando certo. Quando criei, não tinha um seguidor sequer. Não consegui atrair amigos reais nem seguidores do perfil pessoal. Tinha tudo para não dar em nada. Porém, costumo me guiar pela intuição e, com base nela, fui em frente. Hoje tenho dois mil seguidores. Não sei onde vai dar, mas continuo caminhando. Estou tendo prazer com isto. Estou tendo a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas. Muito legal!

    3- A pergunta continua... E o blog?
     Bem, vou tentar ser mais objetivo agora. Estou parecendo político. Não repondo sua pergunta. (risos) Vamos lá... Resolvi escrever um texto sobre o hexa. Foi publicado gentilmente pela @NivinhaFla em seu Flamengo, Aspirinas e Urubus e no Magia Rubro-Negra do qual ela fazia parte.. O resultado foi bastante positivo! Fiquei tão contente que resolvi escrever outros textos e para não ficar de pedinte em blogs alheios, criei o meu próprio.  É uma espécie de ampliação do meu twitter. Falo do amor ao Flamengo. Prego que a felicidade é rubro-negra e faço paródias com religiões.

    4- Antes de ter o blog, você já havia se imaginado blogueiro?
     Sinceramente, não! Nunca achei que fosse ter um blog. Para fazer algo, eu faço questão de me dedicar. Não acreditava que pudesse ter tempo para manter um blog atualizado e com artigos que despertassem interesse. Já há muita coisa boa sendo escrita sobre o Flamengo por aí... Confesso que é difícil conciliá-lo com minhas obrigações profissionais e minhas atividades pessoais e familiares. Minha esposa que o diga! E, a ela, agradeço pela paciência! Além disto, por ser da área financeira, escrever não é exatamente a minha praia. Porém, pelo retorno que recebo dos leitores, estou satisfeito com o resultado.  E vocês? O que acham?

Acho que se daria muito bem na área de comunicação social! (risos). Seu blog é ótimo, reflexo de textos bons, que conseguem demonstrar o sentimento da nação e acompanhar o momento do Flamengo de forma perfeita. Seu blog tem uma particularidade que, é dom de poucos. É bom saber que está na torcida certa! (risos!)

    5- Você já recebeu algum tipo de critica por misturar religião com futebol?
     É uma ótima pergunta. O que escrevo não é exatamente politicamente correto. Há uma linha tênue, entre ser engraçado e ofensivo.  Assim, já esperava algumas críticas. O interessante é que no lugar dessas críticas, o que recebi foram conselhos para ter cuidado com esta mistura. Aliás, futebol, política, sexo e religião são temas que, para muitos, não devem ser discutidos. São temas sagrados. Não sou muito chegado a tabus. Para mim, tais temas não passam de uma tremenda sacanagem! (risos). É preciso levar a vida com bom-humor, galera. Obviamente, aceito quando sou alvo de gozações. Mas, como Flamenguista, costumo zoar, mais do que ser zoado. E, na verdade, brinco é com meus próprios sentimentos em relação ao Flamengo. Falo de mim e, por tabela, parece que acabo falando de muitos que também idolatram o Flamengo, que tem o clube como sendo a própria religião. 

6- Em seu ultimo post (“Falando sério sobre o Caso Ronaldinho”), quem acompanha seu blog pode notar uma diferença para os demais textos. Comente um pouco sobre ele e sobre essa novela que foi a contratação do Ronaldinho Gaúcho: 
     É verdade. Até fiz um preâmbulo para explicar a diferença. Afinal, o personagem que criei, o pastor JEFF, está lá para pregar a felicidade de ser rubro-negro Mesmo assim, já fiz outros posts sem ser na linha da exaltação, do ufanismo em vermelho e preto. Aliás, até hoje o artigo com mais visualizações no blog, foi um na mesma linha: O caso Bruno 
     Sobre a novela Ronaldinho, como antecipei no blog e twitter, ela teve o esperado final feliz. Assis conseguiu valorizar o “produto” dele ao máximo. Uma contratação desta é realmente complexa. Muitos criticaram a novela. Sim, ela foi chata e altamente comercial. No entanto, prefiro acompanhar uma novela chata e comercial como esta, mas que deu chances iguais a todos os interessados do que uma trairagem rápida como foi o caso do outro Ronaldo. 

7- Como tenho perguntado nas entrevistas anteriores, ano passado foi o primeiro ano da Patrícia Amorim como presidente do Flamengo. Como você a avalia em 2010 e o que espera para esse ano?  
     Religião e política não se misturam (risos). Cabe a um pastor aceitar e cumprir as determinações da Papa. (mais risos) Ah! Como já me questionaram certa vez, misturo elementos de mais de uma religião de forma proposital. Bem, vou, então, me despir do Pastor JEFF e responder como sendo o Jorge, ok? 
     Não sou mais sócio. Logo, não podia votar. Na eleição, torcia pela vitória do Areias. Quando ele desistiu, acabei torcendo, sem convicção, pelo Delair, que teve o apoio do Areias. Não via com bons olhos a eleição da Patrícia, pelos apoios que trazia com ela: Velloso, Ferraz, etc. O primeiro ano foi muito ruim. Mas, 2011 começou com esperança. Vamos torcer... 

8- Mudando um pouco de assunto, você concorda com quem diz que o Brasil é o país do futebol?  
     Sim, futebol por aqui é assunto tão importante que consideramos como sendo religião. (risos)

9- No Flamengo há outros esportes além do futebol, você costuma acompanhá-los? 
     Muito pouco. O Flamengo é minha religião por causa do futebol. Mas, gosto de saber que não nos resumimos a um único esporte. Ultimamente, tenho gostado de assistir ao nosso basquete.
  
10-   Qual o maior ídolo do Flamengo no elenco atual, em sua opinião?
      A partir de agora, sem dúvida, o Ronaldinho. Bastou-lhe a unção rubro-negra, nem foi preciso jogar. Sem considerá-lo, o maior ídolo era o Pet. Por isto, mesmo não acreditando que possa ainda dar algo ao clube, não merecia ser descartado como foi. Era preciso tratar seu passado com mais respeito.
  
Pet merecia sim ser tratado com mais respeito, assim como muitos outros ídolos do Flamengo (Andrade é um exemplo, mas não vou entrar no assunto agora) e esse tipo de atitude me deixa muito triste, porém ainda temos que conviver com tais. Mesmo com a garantia da Patrícia de que não haverá rescisão, houve certo constrangimento desnecessário. 
Espero que Ronaldinho corresponda às nossas expectativas e se dedique bastante, até porque, “Flamengo é Flamengo”...

11-   O que está achando das contratações e dispensas do Flamengo até agora? Quem você gostaria de ver vestindo o Manto sagrado?  
     Não gosto da forma como estão afastando os jogadores que não interessam. Corrêa e Kleberson poderiam ser envolvidos em negociações. Foram desvalorizados! Não há justificativa! Sobre Pet, já falei.  Podemos questionar algumas dispensas tendo visto jogadores como Fierro e Fernando sendo mantidos. Coisas do Luxemburgo. Mas, de forma geral, parece que teremos um time muito superior ao do último ano. Portanto, o balanço é positivo! Quem eu gostaria de ver com o manto? Ninguém em especial. Só quem já está lá, mas ainda não vi em campo: o Ronaldinho Gaúcho! Quanto a posições, precisamos de um lateral-esquerdo, um zagueiro e mais um atacante (que gostaria que fosse o Love, mas ainda não será possível).
  
12-   Você frequenta os estádios? Se sim, já foi vítima de violência? O que pensa sobre as brigas entre torcidas, até mesmo de um mesmo time?
     Sou totalmente contrário à violência. Torcedor que vai ao estádio para brigar não é torcedor. Seu lugar não é lá. Ainda mais ilógico quando se tratam de torcedores de um mesmo time. Absurdo completo!  
     Bem, tenho o bom hábito de ir aos templos assistir aos cultos ao Flamengo Supremo. Como frequento o Maraca há mais de 30 anos, já vi de tudo. Diante do que já vi, o que sofri é muito pouco,. Porém, não deixa de ser violência: ter que fugir de brigas; abaixar em ônibus para não ser atingido por pedras estilhaçando vidros; trocar empurrões na entrada do estádio; ser retirado de ônibus lotado pela polícia só por estar vestido com o Manto; ser atacado pela polícia com gás de pimenta (sem ter feito nada, apenas por estar no meio da multidão); e até mesmo, violências não físicas, como ter que comprar ingressos mais caros nas mãos de cambistas por falta de vergonha de cartolas.
  
13-   O Flamengo tem grandes rivais dentro e fora do Rio de Janeiro, em sua opinião, qual é o maior deles?       
     Nenhum em especial. O Flamengo é que polariza as atenções. Somos os principais rivais de todos.  Tudo gira em torno do Flamengo. O resto é o resto!

14-   Para que tipo de público escreve, como o divulga?
     Escrevo para rubro-negros que querem ler algo agradável sobre o Flamengo.  Que consideram o Flamengo como a própria religião. Escrevo para quem tem bom-humor. Quanto à divulgação, apenas uso o twitter. Mas, a melhor é o boca-a-boca, ou melhor, o RT-a-RT, que a galera dá. Foi assim que fui crescendo. Muito obrigado a todos!

______________________________________________
 
Bate bola, jogo rápido:
Flamengo: Meu clube, minha religião!
Botafogo, Vasco, Fluminense: masoquistas. Pregam que o inferno é aqui! Prefiro a felicidade e esta é rubro-negra!
Títulos: Tem troféu, tem Flamengo, tem felicidade. Mas, para escolher um só, fico claro com o Mundial que o Zico foi buscar... Menções honrosas também para o título de 78 (o do Rondinelli), de 2001 (Pet, Pet, Pet) e o da Copa União. O título que a CBF teima em não reconhecer foi, ironicamente, o melhor de todos, para mim.
Manto sagrado: Motivo de orgulho, expressão exterior de minha fé.
Maracanã: Templo sagrado. Sou totalmente contrário a idéia de termos estádio. O Maraca é nossa casa. Não deveria estar fechado por motivos políticos e por uma causa menos nobre do que ver o Flamengo jogar.
Engenhão: Não gostei! É mal localizado e lhe alma.
Pontos corridos ou mata-mata? Sem dúvida, mata-mata! Jogos decisivos é que demonstram quem é quem de verdade.
Um campeonato: O que mais gosto é a Libertadores. Temos que vencê-la novamente!
Blog: Além do meu, todos que falem sobre o Flamengo. Aliás, listo todos como sendo “Palavras das Pastorais”.
A Nação: O verdadeiro motivo de o Manto ser milagroso. A razão de o Flamengo ser o gigante que é. Ou seja, deveria representar tudo para o Flamengo, embora alguns teimem se achar maiores que ela.
São Judas Tadeu: Se foi escolhido como nosso padroeiro, só pode ser especial.
Zico: Eu acompanhei sua carreira. Para mim, é o Messias. Aquele que veio ao mundo para demonstrar que a verdadeira felicidade é rubro-negra. É meu maior ídolo. É um exemplo! Faltam-me palavras para descrevê-lo.

Uma frase: Costumo tuitar várias, mas até como forma de agradecer a esta homenagem de ser entrevistado por você, escolho uma de sua autoria, Mel: "Obrigada Flamengo, por todos os momentos, toda a emoção que só você é capaz de proporcionar a alguém! Por fazer os meus dias melhores" FLAmém!

Mais alguma coisa que gostaria de acrescentar? Só agradecer a honra do convite. Gostei. Espero que gostem do resultado. Fiquem em Paz, irmãos de fé rubro-negra. Que o Senhor rubro-negro proteja a todos nós e nos dê muitas FLAlegrias em 2011. FLAmém!

_________________________________________________________________________________

Como já falei, adorei fazer essa entrevista, aproveito para agradecer ao Jorge e também para dizer que adicionei uma nova página ao blog, o "Manias Entrevista", ali vocês encontram os links (só clicar nos nomes) de todas as entrevistas anteriores.

Espero que também tenham gostado!

 

Um grande abraço! SRN!!


11 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Mel, agradeço por ter sido escolhido para a entrevista. Foi uma honra! Espero que gostem de ler, tanto quanto gostei de fazer.
    FLAmém!
    @IgrejaFlamengo

    ResponderExcluir
  3. o Mel gostei bastante de sua entrevista parabens pelo blog!!!e quanto ao pastor Jeff queria pedir minha benção!!!AHUSHAUHAS pq do meu lado so tem coritianos que tem inveja do Mengão'
    pois a final"Flamengo e Flamengo"
    abraços

    eu sou o @mikael_gomes

    ResponderExcluir
  4. Jorge, que família linda!
    Mel, bela escolha!
    Parabéns aos dois pela entrevista!
    Fico sempre lisonjeada de ser citada por você Jorge!
    SRN

    @NivinhaFla
    http://flamengoaspirinaseurubus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Fantástico o Pastor, sua fé, sua expressão de idéias, seu bom humor, sua família, sua sagacidade...
    Parabéns a entrevistadora - pela escolha e pela condução - e ao entrevistado - por tudo q já citei antes...
    Sua benção, Pastor !!

    ResponderExcluir
  6. grandes e sábias palavras do maior profeta virtual que o Flamengo já teve!!

    e Zico Rogai por Nós...

    ASHUAshaUSHaushushAUSAHusaUHS!!!

    grande abraço a Mel, parceira de sempre, parabens a entrevista e a boa escolha do entrevistado. E grande abraço ao Pastor JEFF, que tenho a honrra de conhecer pessoalmente, abraço pastor!!

    muito boa a entrevista.

    vlw!!!

    SRN

    ResponderExcluir
  7. Bela família de rubro-negros.

    Estou um tempo sem aparecer por aqui e fiquei espantado com a evolução do blog e da sua escrita, Mel. Muito bom mesmo, parabens!

    Adorei a entrevista.

    Bom, aproveito para dizer que estou com um blog novo, o Futebol de Boteco.

    Aposentei o Rio Futebol e estou linkando todos os blogs parceiros de lá, e o seu blog faz parte dele.

    Podemos trocar links?

    Fico no aguardo.

    Abs,

    Leonardo Resende
    http://www.futeboldebotecofc.blogspot.com
    leo.riofutebol@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Já tive o prazer de conhecer o pastor pessoalmente e o cara é muito gente boa. Seus textos são sensacionais e criativos. Parabéns por mais esta entrevista.

    SRN

    ResponderExcluir
  9. É DEZZZ R 10 , MATERIA OTIMA HEM , O FLA É TUDO E DE TODOS DA NAÇÃO TORCER É ALEGRIA , AMOR E SOFRER PELO FLA FAZ PARTE DA VIDA MAS MELHOR SERÁ 2011 VAMOS ACREDITAR QUE AGORA VAI VOLTAR SER O MENGOOOOO DE SEMPRE FLAMÉM IRMÃOS RUBROS NEGROS ,,,, N.A MS .

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela entrevista primo. Sensacional!

    Esse ano promete...e guarde aí...se mantermos essa base ano que vem, seremos campeões de tudo em breve!

    Abraços,
    Emilio Farah

    ResponderExcluir
  11. Muito boa a entrevista. Parabéns, ficou show de bola mesmo.

    Abraços!

    ResponderExcluir