quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Feliz DIA DO FLAMENGUISTA, nação!

É isso aí nação, desde 2007 que a gente tem um dia especial, um dia em nossa homenagem...
Nada mais do que merecido, não é mesmo?!

28 de outubro, mesmo dia que o padroeiro do clube, São Judas Tadeu!

Pessoal, é dificil falar sobre o Flamengo, até porque, ele fala por si mesmo... A nação tem uma magia só dela, é inigualável!


video

Já quanto ao jogo, um empate foi justo, infelizmente não deu pra ganhar... No primeiro tempo, faltou por a bola dentro da área, com direito (mais uma vez) a uma porção extra de passes errados. No segundo tempo melhoramos, pressionamos e jogamos melhor... Conseguimos o empate, mas não passou disso. 
Um destaque para Marquinhos, que jogou muito bem! Diogo finalmente desencantou!!

Abraço nação, PARABÉNS! SRN!!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Flamengo 1X1 Vasquinho


Faala nação!
Seguinte, sei que o Mengão não jogou bem o primeiro tempo do jogo (na verdade não consegui ver, mas ouvi muitos comentários) e que um empate contra os Vices de São Janú NUNCA é um bom resultado - a não ser para eles, que devem estar comemorando como sempre que conseguem não perder para o rubro- negro- porém o que mais me deixou irritada foi a lamentável atitude do Vasquinho no jogo.
Coisa feia! Se dizem time grande, mas jogam recuados após abrirem míseros UM a ZERO... Quando tomam o empate fazem cera pra não perder.
Eles não conseguiram - e faz tempo que não conseguem- jogar com força e pelo menos disfarçar o medo que têm do Flamengo. Pára! Tenham atitude digna de time grande se querem ser considerados um... Percam com a cabeça erguida, admitam que deram vexame depois da expulsão do Dedé, que diga-se de passagem foi MUITO merecida. Até o técnico entrou na onda e teve de ser retirado... Depois o goleiro caiu umas vezes, ficou um tempão caido, disse que não ia dar pra continuar, ficou enrolando, no final levantou e continuou "jogando" (entre aspas, porque depois do "senhor" levantar o jogo já estava praticamente encerrado)...
Depois ainda temos que ouvir chororô de que a arbitragem sempre favorece o Flamengo (?)... É, os ares do Engenhão contagiaram o Vascu-chororô...
Vasquinho, sei que vocês têm medo do Flamengo, mas por favor, cresçam!

Pessoal, recomendo o post do Arthur Muhlenberg no blog Urublog comentando sobre esse jogo... Vale a pena!

Também deixo aqui um vídeo feito por mim e pelo Corvo do blog Fla 6, sobre a nossa brilhante campanha do HEXA!



UM GRANDE ABRAÇO, SRN!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

#Paz nas torcidas!


Como o título já diz, hoje não falarei de jogadores, técnicos nem darei meus pitacos sobre o Mengão. Em partes.
#Paz nas torcidas é uma campanha iniciada pela Andrea Destefani (@AndreaDestefani) no blog Coisas da Vida. Conheci este movimento através do Marcelo Soares (@Sr_Soares, Uma Dose de Ach!) e como neste blog falo sobre futebol, me senti na obrigação de contribuir.
Venho planejando esse post há um ou dois dias, pretendendo não falar de um time em particular, porém uma noticia que li hoje a noite mudou um pouco o rumo do post, e fez com que esse movimento ganhe ainda mais importância: Segundo o site da Veja, as torcidas do Flamengo e do Vasco (sem piadas sobre o nome do Vasco hoje, ok?!) estão planejando pela internet uma briga.
O fato é lamentável. A polícia, pelo que li, terá um trabalho imenso para garantir a segurança de pessoas sérias que vão a um clássico carioca (cuja importância nem preciso falar) para ver um espetáculo, a essência do futebol, a alegria, emoção, e tudo de melhor que nós, fanáticos, seja por qualquer clube, conhecemos muito bem. Assim como garantir que certos arruaceiros e, me desculpem o termo, ignorantes, não acabem com o espetáculo ou pior ainda, suas próprias vidas.
A briga entre torcidas é um assunto sério, e tem de ser tratado de tal forma. Episódios como o da última rodada do campeonato brasileiro do ano passado, no Couto Pereira, não podem se repetir. As formas desses conflitos são várias. Seja dentro do estádio, invasão do campo, ou até mesmo fora do local do jogo, mas ambas estão acompanhadas da insensatez.
No calor do jogo, em que você, torcedor (lembrando o que uma vez meu pai me disse) daria seu braço pela vitória do seu time, há de se lembrar de que do outro lado do estádio há outro torcedor que também daria seu braço pelo time de coração. Alguém tão fanático e tão apaixonado quanto você e que, não importando qual time é melhor agora, ou tem as maiores glórias, sofreria o mesmo, talvez até mais pela derrota do clube do coração. Aí, vemos outro fator: RESPEITO. Há de se respeitar os limites de cada pessoa. Àqueles que aguentam qualquer piada, os que aguentam até certo ponto e os que não admitem. Independente disso, são pessoas que estão ali porque se importam, gostam talvez amem seus times e fariam qualquer coisa para defende-lo, por isso, se cada um souber respeitar os limites dos outros, a situação já melhora uns 80%. Não precisa ficar calado e se mostrar indiferente com a vitória, apenas respeitar. Fazer piadas até certo ponto. Cada um tem o seu limite, cabe ao outro ter o bom senso de entender, até porque, quem nunca zuou e foi zuado por causa de futebol? Há coisa melhor do que isso? Faz parte do futebol o jogo, a emoção e a piada, o torcedor do time que perder também terá de ser tolerante.
Outra coisa que me deixa EXTREMAMENTE ENVERGONHADA, e digo a única coisa que me envergonha referente ao Flamengo é a briga entre as próprias organizadas. A Raça e a Jovem. Juro que não consigo entender... Lutamos por uma mesma causa, dividimos a mesma paixão. Se não há razão, ou melhor, não há "perdão" para brigas entre adversários, o que diremos da nossa própria torcida? Raça, Jovem, lembrem-se que ambas fazem parte da mesma nação!

Um grande abraço a todos! SRN!

Ps.: A todos que quiserem entrar para a campanha, sintam-se convidados! Agradeço. Mais informações sobre a campanha, no blog já citado, Coisas da Vida e no twitter @AndreaDestefani

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Convenceu!

Pessoal, quero dizer que esse título tem um significado duplo:
O primeiro e mais óbvio, é sobre a vitória do Mengão por 3 a 0 nos vices colorados. O time jogou organizado, bem, empolgante, tanto que nos deu direito até a grito de OLÉ!
Os três gols foram de bola parada. O primeiro, de Deivid, pênalti. O segundo, de falta, no melhor estilo de Renato Abreu. Já o terceiro, que também serviu para espantar o fantasma do último jogo, em que venciamos de 2 a 0 e tomamos empate, foi de escanteio, Deivid novamente, o que mostra que soubemos aproveitar muito bem as oportunidades do jogo.
Também soubemos administrar a vantagem de três gols sobre o Inter.
O segundo, é o meu reconhecimento ao trabalho do nosso técnico Vanderlei Luxemburgo. Confesso que quando ele entrou eu não estava muito animada, porém, assistindo aos jogos do Mengão, cada vez mais me convenço do seu trabalho. Aos poucos pudemos observar a eminente melhora do Flamengo, um exemplo está no jogo contra o Avaí conseguimos fazer gols, porém não conseguimos administrar essa vantagem, erro que sabado foi corrigido.
A equipe vem jogando como uma EQUIPE. Organizada. Bem posicionada. Motivada.
Luxemburgo trouxe com ele a motivação que precisávamos, junto com a técnica, estratégia e a imagem de um lider forte e respeitado.
VALEU, LUXA!!!!

Abraços, SRN!!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

FLAMENGO: 1 jogo, 2 jogos:

Explicando o título desse post, quero dizer que o Flamengo jogou totalmente diferente no primeiro e no segundo tempo.
O primeiro, foi do jeito que a torcida gosta, jogamos bem, não erramos tantos passes e aos 16 minutos de jogo já estávamos com uma vantagem de 2 a 0 sobre o Avaí. Dois gols de Val Baiano. Ele e Renato jogaram muito bem.
Já o segundo tempo, o Fla jogou como ultimamente... Deixou o Avaí dominar e logo aos 15 minutos, já tínhamos um jogo empatado. Vale ressaltar que os dois gols que tomamos foi de escanteio, o que mostra a verdadeira desordem na zaga flamenguista. Depois ainda dominamos e deixamos dominar. Deu raiva. O que era para ser uma vitória bonita e empolgante acabou virando um empate sem graça, com direito a reclamação da arbitragem, que INJUSTAMENTE expulsou o Leo Moura, já que seu primeiro cartão amarelo foi em uma falta não cometida por ele.
Como se não bastasse, no fim do jogo houve um desentendimento e o árbitro resolveu expulsar nosso zagueiro David e também o Rudnei, do Avaí, porém ele estava de costas e não viu o que aconteceu entre os dois...
David ainda reclamou em seu twitter (@DavidBraz_14.):
"Até agora eu não sei porque fui expulso. Não fiz nada com o jogador do Avaí e o juiz estava de costas para o lance."

Ainda teve uma invasão de um torcedor do Flamengo após a expulsão do David, ele corria até o juiz, porém foi parado antes de chegar ao árbitro. Se repararem, ainda verão o 'bandeirinha' sendo segurado pelo Renato, que evitou que o flamenguista pudesse ser agredido pelo assistente. O torcedor teve uma atitude que com certeza certa não é, porém, acredito que ele fez o que muitos de nós tivemos vontade de fazer (o que não justifica, lógico...).
De tudo isso, podemos ver que já houve uma melhora do time em relação a jogos passados, já que ao menos o primeiro tempo jogamos bem.

Um abraço a todos! SRN!

Ps.:  Como sabem, o Manias e Notícias está concorrendo ao prêmio TOP BLOG 2010. Há poucos dias terminou a primeira fase... É com muita felicidade que digo que esse blog ficou entre os 100 mais votados, portanto, passa para a segunda fase. MUITO OBRIGADA a todos que votaram até agora, e obrigada pela participação de todos vocês, leitores! Aproveitando também para dizer que conto com vocês para a segunda fase, a partir de agora teremos uma nova votação... Conto com o voto de todos! Mais uma vez, obrigada!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Flamengo X Atlético-GO: O DESENCANTO!

Ontem o Flamengo venceu o Atlético-GO por dois a zero, gols de (acreditem se quiser) VAL BAIANO, que finalmente desencantou, e DIEGO MAURÍCIO, nosso Drogbinha. Aos 30' e aos 40' do segundo tempo, respectivamente.
Primeiro de tudo, quero anunciar que AGORA TEMOS TÉCNICO! O que já é um grande progresso...
O time ainda está, lógico, longe do ideal, mas já deu pra notar um início de organização no time e principalmente, entusiasmo, vontade de vencer...
O jogo foi chato, com bastante erros de passe, porém com um final empolgante.  Daí a necessidade de um bom técnico, que conheça o time e saiba fazer as substituições corretas (ok, no inicio não concordei, mas deu resultado e é isso que importa).
Mengão melhorou e se afastou um pouco da zona de rebaixamento (14º), mas o que não podemos é nos lembrar apenas dos últimos minutos do jogo e achar que está tudo bem, ainda há muito o que melhorar, e estou bastante confiante no trabalho do Luxemburgo!

Esse blog também não poderia deixar de parabenizar o nosso capitão, Leo Moura, que completará 300 jogos com a camisa do Mengão no próximo jogo. Em cinco anos, cinco títulos! Parabéns Leo!
E sua comemoração também será toda especial:



UM ABRAÇO! SRN!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

"Resumão"

Me recuperando do "back" causado pela saída de Zico, hoje escreverei um "resumão" dos últimos acontecimentos...
Primeiro, o jogo contra o Botafogo, que terminou em um a um:
Fazendo um breve comentário apenas, como já disse no twitter, a crise no Flamengo já está além do campo, já ultrapassou o "ganhar ou vencer". Mas enfim, conseguimos o empate e pelo jeito que jogaram, parece que o clima ruim na administração do clube não afetou os jogadores (não que tenhamos jogado bem, apenas não piorou), o que é ótimo, já que precisamos do maior ânimo possível nos jogos, coisa que já puxa um novo assunto: LUXEMBURGO.

Não sei se ele resolverá o problema, quando começaram a falar de trocar de técnico, sinceramente não me empolgou muito, porém, lendo sobre o primeiro treino dele com a equipe, leia aqui, acho que ele poderá fazer um bom trabalho e melhorar o time. Além de tudo, ao que parece está bastante disposto... Boa sorte a ele!
Sei que tem mais coisa para falar sobre o Zico, peço desculpas, mas como já devem saber, não gosto de falar de política, e minha opinião já foi dada no post anterior... Prefiro não bater na mesma tecla, apenas reforçar que o Zico SEMPRE será o maior ídolo, meu e de toda a nação!

Um abraço, SRN!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Agora é com a gente, nação!

O dia de hoje foi, para muitos flamenguistas, um dia triste e difícil de ser explicado. Para mim, um sentimento muito próximo ao luto.
Ontem à noite, pelo twitter, li que havia a boatos de que Zico poderia sair. Sinceramente, não levei muito em conta, afinal, boatos são apenas boatos. Ainda para quem acompanha meu twitter (@mel_mn) viu o que escrevi a respeito: "Se Zico não 'concertar' o Fla, ninguém concerta...”.
Hoje na hora do almoço, recebi a notícia pelo meu pai. Zico caiu. E sinceramente, meu chão também. É difícil descrever a sensação de ver o maior ídolo da história do Clube de Regatas do Flamengo ser vencido por pessoas mal intencionadas, "ex-torcedores" (se é que já foram um dia) literalmente sugando o meu Flamengo de forma tão covarde e atacando o Galinho de uma maneira que só tolos (desculpem) acreditariam. Zico sempre foi um exemplo dentro e fora dos gramados e é no mínimo um absurdo pensar que certas acusações possam ser verdadeiras.
Confesso que, de tão grandes os absurdos, preferi não ler muito a respeito, até ontem, quando li o site oficial de nosso ídolo, ziconarede.com, e fiquei chocada com o tamanho da cara de pau de "certa pessoa" (a qual não vale a pena referir o nome) em fazer acusações tão sem cabimento.
Estou realmente muito decepcionada. E a Patrícia? De que lado está nessa história toda? Por que não toma nenhuma atitude?

Rubro-negros, não podemos nos omitir em frente a tantos absurdos. A queda de Zico foi apenas consequência de uma corja que não merecem estar no CRF (sempre estive ciente dos problemas do Flamengo, porém, me espantou saber suas reais dimensões, as quais já imaginava serem enormes, porém não tão grandes do que realmente são). 
Hoje me orgulhei muito de fazer parte dessa maravilhosa nação que provou nunca abandonar nosso tão amado Mengão. Porém, não é com um protesto que conseguiremos expulsar toda a "quadrilha" da Gávea. Somos uma nação e por isso temos que travar quantas batalhas for necessário, afinal, uma guerra não é constituída de apenas uma batalha. Vamos à luta NAÇÃO! Desistir, jamais! Precisamos dar um fim a essa vergonha que está acontecendo no CRF!



Um abraço, SRN! 

Ps.: Desculpem se fui incoerente ou exagerada, hoje me permiti falar APENAS como uma torcedora FLANATICA e preocupada com o mais querido, espero a compreensão de todos...